Terça-feira, 19 de Junho de 2007
Talvez a questão não seja “se eu acredito em Deus?”, mas “se Deus acredita em mim?”
E se hoje eu acreditar em Deus? E se Deus chegasse à minha beira e, ao contrário do que é habitual, fosse Ele a pedir-me ajuda? E se Deus dissesse que se sente só, está deprimido e inconsolável? Se me dissesse que não consegue fazer nada de jeito? Se dissesse que tudo o que criou está destruído e não tem conserto? Se, em lágrimas, Deus me suplicasse por ajuda? Se dissesse que só queria morrer mas não pode, porque a sua condição de imortal não Lho permite?
(imagem retirada da internet)
O que diria eu a Deus? Será que eu O quereria ajudar?..
 
Atentamente,
ejail.

sinto-me: Deprimido

publicado por ejail às 23:45
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De ejail a 20 de Junho de 2007 às 00:11
Se hoje eu acreditasse em Deus:

- Anda daí Deus... pago-te um copo. Acho que estamos os dois a precisar...


De Maaf a 20 de Junho de 2007 às 16:31
Acho que Deus se atirou para o chão a rir, com o teu próprio comentário.


De ejail a 21 de Junho de 2007 às 11:29
Olá maaf. É um prazer poder usufruir da tua presença no meu humilde blog. Aqui para nós, espero mesmo que Deus tenha sentido de humor... ainda estou vivo, depois deste post... deve ter...


De rita a 20 de Junho de 2007 às 19:45
Olá, antes demais obrigado pela msg que deixas-te no meu blog.
Quanto ao teu post, bom haveria muito para dizer, mas eu saberia o que diriia a Deus, sabes o que seria?
OBRIGADO, OBRIGADO POR TDO!Um dia deste-me os melhores amigos do mundo Hoje sei que a melhor ajuda que te posso oferecer é dar-te a minha amizade.


De ejail a 21 de Junho de 2007 às 11:32
Não me enganei. Tu és mesmo boa pessoa e espero continuar a receber a tua visita e as tuas palavras. Obrigado!


De c-alma a 24 de Agosto de 2012 às 15:20
Este post tem inúmeras questões metafísicas, existênciais, filosóficas, entre outras. O que posso dizer é que, se isso sucedesse, o que eu diria era que, apesar de tudo o que se passa no mundo, de ter sentido, várias vezes, que ELE abandonou-me, e eu ter de fazer tantos sacrifícios, diria apenas que ainda acredito NELE, acredito que ELE é capaz.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


posts recentes

democrAZIA

Cocó

Falta ( não é futebol ).

Poema Invisível

Sombra Lunar

A Procura de Um Sentido

Bom Ano!

O Martemático

divãgações cronodesmedida...

Escutas

arquivos

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Maio 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Outubro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

reflexão(36)

desabafo(21)

humor(19)

poesia(18)

nostalgia(11)

pessoas(10)

contos(3)

excertos(3)

gastronomia(2)

solidariedade(1)

todas as tags

Fazer olhinhos
Raríssimas

Este blog apoia a
Associação Nacional das
Deficiências Mentais e Raras
subscrever feeds