Sexta-feira, 13 de Julho de 2007
Glorioso Combatente?
Mais uma batalha perdida. Esta, de forma brutal. Não sei como ainda continuo por aqui. Não sei como ainda continuo na guerra…
 
Estou bastante cambaleante mas que se foda esta merda toda que sinto cá dentro. Tenho que tapar bem, enterrar bem, estes sentimentos. Ocultar cada uma das cicatrizes em carne viva, cada uma das cicatrizes em espírito morto. Esconder cada grito lancinante por debaixo do “Eu Social”. Acho que precisava de vomitar qualquer coisa, não sei... Sinto-me enjoado, carregado, negro e com um peso terrífico sobre os ombros. Sinto-me fraco, um perdedor nato. Bem… esta merda é toda muito interessante mas… tenho mesmo que ir trabalhar…

sinto-me: Mal
tags:

publicado por ejail às 08:18
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De Infiel a 13 de Julho de 2007 às 13:56
Depois de vomitar...... o corpo liberta-se das toxinas venenosas e... recupera a boa disposição!!
Saca tudo de negativo, aproveita esta Sexta 13 para te libertares dos demonios e deixa que o sorriso se ria deles


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:57
Olá Infiel!

Tens razão, acerca do vomitar e das toxinas. Mas, nesse dia em particular, não podia vomitar tudo porque, se o fizesse, haveria uma segunda versão do Dilúvio e desta vez nem a arca de Noé escapava.

Obrigado Infiel, pelas tuas palavras de apoio e um abraço apertado!


De Infiel a 17 de Julho de 2007 às 02:28
Se não queres vomitar tiudo de uma vez com medo á inundação.... vomita aos poucos mas, atira tudo cá pra fora homem. Não fiques engasgado


De gabi a 13 de Julho de 2007 às 19:54
"Não há mal que sempre dure, nem bem que não se acabe"
Sabes Zé .. é mais fácil deixarmo-nos abater do que levantarmo-nos.
Erguer a cabeça e dar os primeiros passos para atingir (pelos menos alguns) momentos de felicidade, é difícil!
No entanto tu tens dentro de ti a força necessária para isso acontecer. De certeza que tens. Se a tiveste para me ajudar quando precisei de ti, também a tens para te ajudares a ti mesmo. Eu... tenho saudades tuas...
Beijinho e abraço para ti.
Tudo de bom para ti, muito sinceramente.


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 12:04
Olá Gabi.

Espero que esteja tudo bem contigo.

Quero agradecer a tua mensagem de apoio. Foi muito simpático da tua parte. Sabes que és sempre bem-vinda a este meu humilde espaço de reflexão.

Desejo-te, também, tudo de bom.

Um abraço,
José.


De um anjinho que te visita a 15 de Julho de 2007 às 01:37
por aki passou um anjinho com a seguinte mensagem.:
uma pessoa como tu tem grandes felicidades á espera, mas so depois de passares por essa dor,
saberas dar valor ao que realmente é importante.
acredita sei do que falo por experiencia propria. vamos um sorriso. amanha tera estara melhor beijinho fofo.


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:59
Obrigado Corpinhodeanjo.

Este sorriso, que neste exacto momento desenho no meu rosto, dedico-o a ti. :-)

Obrigado, minha amiga, por todo o teu apoio!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


posts recentes

democrAZIA

Cocó

Falta ( não é futebol ).

Poema Invisível

Sombra Lunar

A Procura de Um Sentido

Bom Ano!

O Martemático

divãgações cronodesmedida...

Escutas

arquivos

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Maio 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Outubro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

reflexão(36)

desabafo(21)

humor(19)

poesia(18)

nostalgia(11)

pessoas(10)

contos(3)

excertos(3)

gastronomia(2)

solidariedade(1)

todas as tags

Fazer olhinhos
Raríssimas

Este blog apoia a
Associação Nacional das
Deficiências Mentais e Raras
subscrever feeds