Sexta-feira, 13 de Julho de 2007
Alma Penada
Não sei se hei-de pedir desculpas pela ausência, ou se hei-de pedir desculpas pelo regresso. Não sei nada.
 
Tenho cabeça, tenho braços e tenho pernas. Não tenho felicidade. Tenho coração, tenho fígado, tenho intestinos. Tenho vontade de morrer. Descobri que, no processo do meu fabrico, se esqueceram de colocar a felicidade e no seu lugar, por engano, deixaram a vontade de morrer. Descobri que gosto de sofrer e que, provavelmente, vou gostar de morrer. Eu não sei ser feliz. Não sei, não consigo, não posso… Não encontro uma pinga de felicidade, de alegria, dentro de mim. Tanta morte cá dentro. Tanta dor, tanta angústia… Estou cheio de nós na garganta, cheio de constrangimentos no peito, cheio de trevas na cabeça. Cheio de confusão, cheio de inseguranças.
 
Gostava de ser diferente. Como gostava! Mas, desta morte, não há ressurreição possível. Fecho-me outra vez. Encerro-me, novamente, no meu caixão.
 
- Dor, Angústia, Sofrimento, Trevas, Morte… tiveram saudades minhas? Ah… Vá lá! Afinal foram só uns dias que não nos vimos… Vocês acham que eu vos ia trocar pela Felicidade? Vocês sabem que ela não me ama. Vocês sabem que a felicidade é uma mulher bonita e pretendentes não lhe faltam. Vocês acham que ela se ia interessar por um insignificante deprimido como eu? Eu só tenho amor e tudo o resto são medos. Não tenho mais nada… Morte: estamos cansados… vamos dormir…

sinto-me: Uma Alma Penada
tags:

publicado por ejail às 03:56
link do post | comentar | favorito
|

13 comentários:
De ejail a 13 de Julho de 2007 às 04:07
A propósito: hoje é sexta-feira 13! Acho que vocês, demónios, deviam aproveitar para me foderem mais. Não sei... é só uma sugestão.


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:13
Hoje é segunda-feira, dia 16. Estás tolo? Paraste no tempo?!


De Infiel a 13 de Julho de 2007 às 13:52
Booooooooooommmmmmmm dia
Tava a ver que nunca mais vinhas!!!
Então... na foste á Ribeira???? Ora bolas!!!
E eu a pensar que estavas a braços com um romance escaldante e.... dizes que .... és masoquista! Ok continua assim desde que sorrias com esse sofrimente


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:19
Olá Infiel. Um Booooooooooommmmmmmm dia, também para ti! :-)

Não foi na Ribeira mas, em relação ao "romance escaldante", não confirmo nem desminto... ;-)

Obrigado pelo teu comentário humorístico: aquilo a que nós aqui chamamos de um humentário... :-P


De Infiel a 17 de Julho de 2007 às 02:32
Bolas tava a ver que se tinhas esquecido de nós!
Não confirmas nem desmentes??? Ai tou cheia de curiosidade
Apetece-me enviar-te um jinho


De Caminhar é preciso a 13 de Julho de 2007 às 14:33
Triste teu post...
Por que sente-se assim?
Acredito que é apenas uma fase, talvez tirar umas férias, relaxar, esquecer teu mundo negro, ajude muito!
Um bom amigo, uma boa conversa!
A felicidade se resume em pequenos fraguimentos do nosso dia-dia...

Fica bem!


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:25
Olá Jully.

Quero agradecer a tua visita e o comentário que me deixaste. Em relação à pergunta que me fizeste: bem... o sentimento, muitas vezes, não tem respostas para as perguntas da razão.

Agradeço muito as tuas sugestões e, quem sabe, talvez aproveite uma ou outra...

Obrigado, amiga!


De rita a 13 de Julho de 2007 às 23:18
Olá :) Claro que sentimos saudades!! Alias preocupação mesmo... (pelo menos eu tive).
Sabes á alturas na vida que parece que o mundo vai ruir, mas temos que ser fortes, guerreiros e mesmo que a felicidade ñ nos encontre, vamos nós há procura dela!!!
Acredita á tantas mulheres que precisam exactamente de alguem como tú!!! E que infelizmente ainda ñ encontraram...É só procurares com calma e serenidade! Pensa nisso!
Espero que Deus elumine o teu coração e a tua alma rapidamente...Ñ podes andar nesse tormento!
Um beijinho e dorme tranquilo


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:44
Oh Rita... Tu és uma pessoa muito especial. Primeiro quero agradecer a tua preocupação. Depois quero agradecer - e muito - as tuas palavras de ânimo. Quero agradecer o grande carinho que tens por mim. Obrigado Rita, minha amiga.

Um beijinho, também para ti!


De rita a 16 de Julho de 2007 às 23:54
Obrigado?ñ tens nada que agradecer, pois tambem tú com as tuas doces palavras me vais ajudando a acordar a cada dia...Tú és sem duvida um dos meus amigos (da irmandade dos blogs)em quem procuro conforto no meu dia-a-dia.E acredita as de hoje fizeram-me limpar algumas lagrimas que Hoje teimam em cair do meu rosto.O meu OBRIGADO!
Um beijinho Enorme


De corpinhodeanjo a 15 de Julho de 2007 às 01:33
Eu acredito em Deus, não sei quais tuas crenças, mas acredito em dias melhores. Sei como te sentes, é horrível a dor que nos invade a alma, é algo tão profundo que nos deixa marcas permanentes.
Mas acredita apesar de neste momento te sentires só, tudo se vai compor e não acredito que uma pessoa especial como tu desista da felicidade. Acredita, mereces ser feliz e serás.
Abaixo te deixo algo para reflectires. Já estive com problemas mt graves e só minha fé em Deus me salvou. Como acima citei e torno a dizer, não sei quais tuas crenças. Se acreditares pode ser que te ajude se não ao menos tentei.

Se Deus nos permitisse viver sem quaisquer esforços, Ele nos deixaria aleijados.
Nós não seríamos tão fortes como somos. Nós nunca poderíamos voar.
Eu pedi Força... e Deus deu-me Dificuldades para me fazer forte.
Eu pedi Sabedoria... e Deus deu-me Problemas para resolver.
Eu pedi Prosperidade... e Deus deu-me Cérebro e Músculos para trabalhar.
Eu pedi Coragem... e Deus deu-me Perigo para superar.
Eu pedi Amor... e Deus deu-me pessoas com Problemas para ajudar.
Eu pedi Favores... e Deus deu-me Oportunidades.
Eu não recebi nada do que pedi... Mas eu recebi tudo o que precisava."
Um beijinho e força…tudo vai correr bem eu garanto.


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:51
Eu acredito em Deus. Não sei quanto, mas acredito. Não sei se Deus acredita em mim...

Corpinhodeanjo: a mensagem que me deixaste... Estou sem palavras porque me ajudou a entender algumas coisas. Não conheço o teu corpo mas a tua mensagem pareceu vir, sem dúvida, de um anjo...

Muito obrigado, minha grande amiga!


De LOUCO a 30 de Novembro de 2008 às 23:24
Cara,espero que ainda esteja vivo,pois sinto a mesma coisa que vc,porem com o acressimo de ter vontade de matar pessoas e politicos que cometem abuso pelo iposto ),a nos fazer obedecer regras por eles determinadas,quando mamãe era viva sempre pidia a ela o meu manual,pois sem ele fica difissil,com o passar do tempo aprendi que devemos lembrar apenas de dois dias sómente,hoje e ontem,hoje é a meta,ontem é para não pagar a mesma conta duas vezes,virei pescador (vagabundo profissional)assim a amargura se amenizou,feliz passagem,nos encontramos no alem.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


posts recentes

democrAZIA

Cocó

Falta ( não é futebol ).

Poema Invisível

Sombra Lunar

A Procura de Um Sentido

Bom Ano!

O Martemático

divãgações cronodesmedida...

Escutas

arquivos

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Maio 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Outubro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

reflexão(36)

desabafo(21)

humor(19)

poesia(18)

nostalgia(11)

pessoas(10)

contos(3)

excertos(3)

gastronomia(2)

solidariedade(1)

todas as tags

Fazer olhinhos
Raríssimas

Este blog apoia a
Associação Nacional das
Deficiências Mentais e Raras
subscrever feeds