Quarta-feira, 4 de Julho de 2007
BLOG EM POSTas
A forma como aqui coloco as letras, faz-me lembrar aqueles escaravelhos do canal Odisseia, a arrastarem berlindes de merda de búfalo (ou de outro animal de porte igualmente abastado). As letras chegam aqui já sem vontade própria. Chegam cansadas, desacreditadas e desoladas. Eu desapontei-as.
(imagem retirada da internet)
Ultimamente não consigo escrever nada. Nada de jeito, pelo menos. Não tenho talento, não tenho ideias e não tenho vivências. Interiormente sinto-me vazio e – parecendo, mas não sendo redundante - sinto-me oco. Mas, talvez, “vazio” e “oco” não sejam os termos mais felizes para retratar o que se passa cá por dentro. Se fosse só isso... Esse “vazio” e esse “oco” estão preenchidos por uma angústia e uma confusão que me tornam, de todo, improfícuo. Retiram-me toda e qualquer utilidade. Sinto os neurónios dormentes e os neurotransmissores enleados em teias de aranha elanguescentes. Transformei-me, unicamente, numa espécie de prostituto de sentimentos e pensamentos. O blog, por sua vez, tornou-se num simples muro de lamentações e é, cada vez mais, um espaço autista: tenho escrito muito mas, maioritariamente, numa perspectiva de dentro para dentro. É uma escrita fechada com posts demasiado sérios, sisudos, cinzentos e graves.
 
Estou, claramente, abaixo de forma. Nunca mais vou dar nada… se é que alguma vez dei. Estou queimado. Estou, psicossomaticamente falando, fodido. Sinto-me um morto-vivo morto. Acho que já atingi aquele ponto de onde não há como retornar. Acho que, para o meu caso perdido, só há uma última solução de recurso: acho que estou, desesperadamente, a precisar de um relacionamento tórrido.
 
Estou a precisar, talvez, de uma mulher que me levante… a moral.
 
Atentamente,
ejail.

sinto-me: Um Escaravelho

publicado por ejail às 16:08
link do post | comentar | favorito
|

16 comentários:
De Infiel a 4 de Julho de 2007 às 19:55
uhmmm que boa ideia!!! Toma um duche, veste aquele teu fato preferido, escolhe um after shave quente, sensual, escolhe o teu sorriso nº 3, caminha até á Ribeira, devagar, cabeça erguida (não te esqueças do sorriso e do brilho do olhar), senta-te numa daquelas mesas junto ao rio, e observa quem te obseva. Pelo canto do olho, um sorriso espreita e o resto contas tu amanhã ...


De ejail a 4 de Julho de 2007 às 22:33
Hum… parece uma excelente ideia. É claro que eu ainda não tinha mencionado, neste blog, que não tenho vida social. Mas parece, sem dúvida, uma excelente ideia…

Obrigado, Infiel, pela tua paciência (eu não sou fácil de aturar).


De corpinhodeanjo a 5 de Julho de 2007 às 16:58
eu li as tuas palavras e fiquei mt contente obrigado quero que saibas que apesar de ter poucos amigos é aqui no mundo virtual que ja encontrei varias pessoas com mt valor e tu es uma delas. tens um caracter bondoso e pelo que escreves uma sinceridade unica. continua assim sei que a vida muitas vezes nos faz sofrer mas acredita dias melhores virao. um beijinho fofinho deste coraçao solitario.


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 10:39
Não serás coração solitário por muito tempo, estou certo disso. ;-) Um beijinho, também para ti...


De rita a 6 de Julho de 2007 às 00:12
Olá :) Lindo!
Como eu te compreendo!!!
Acho sim que já atingis-te aquele ponto de onde tdo está a começar, isso sim.E merece-lo, eu acredito que quero acreditar que sim. O teu caso ñ é perdido mas sim um um luto passageiro que precisas-te de ter, para agora sim, seguires em frente.Espero que encontres o que procuras mesmo que ñ seja um relacionamento tórrido, que seja algo que te faça feliz...E como eu quero mesmo que o sejas (muito feliz)Vou ficar aqui a torcer para que isso aconteça o quanto antes e com alguem que te mereça.
Um beijão do tamanho do mundo



De ejail a 16 de Julho de 2007 às 10:51
Olá Rita.

Eu admiro-te muito porque, apesar de muitas das vezes te encontrares desanimada, consegues, sempre, encontrar uma palavra de apoio para o próximo. Por mim falo, mas acredito que há mais quem possa falar… :-)

Obrigado minha amiga, pela tua bondade!


De "I" a 6 de Julho de 2007 às 00:32
Olá de novo :)
Não sei o que pensas em relação a isso, mas leio o que escreves sobre o que sentes, sobre o que és agora, e as tuas palavras chegam-me como, talvez, um 'espelho interior'.

Acho que só por isto já te devias arrepender de ter escrito coisas como "[...] que me tornam, de todo, improfícuo", "Retiram-me toda e qualquer utilidade", ou "Nunca mais vou dar nada... se é que alguma vez dei", embora ao mesmo tempo que escrevo isto, aceite todas essas palavras, por ter a minha ideia do que te leva a escrevê-las.

Gostava de conversar melhor contigo. Julgo que seria uma experiência deveras interessante, porque tenho a sensação de que iria parecer estar a falar com uma parte de mim..

Escreve-me para 'ali' [em cima] :)

*
Paz


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:07
Olá "I".

Mais uma vez tenho que te agradecer por este lúcido e sóbrio comentário. Tenho, ainda, que agradecer a tua simpatia e espero, também, que possamos trocar algumas impressões.

Obrigado, amiga!


De Question Mark a 6 de Julho de 2007 às 23:30
Eu venho cá sempre ao teu blog ler as tuas palavras e fico sempre fascinada. Muitas vezes quis comentar, mas sempre que começo as palavras tornam-se demasiado estúpidas. Se calhar aquilo que te quero dizer, e não sei bem porquê, é demasiado abstracto e profundo para que as palavras consigam fazer sentido. E mesmo agora sinto que isto que estou a escrever não faz o menor sentido.
Não importa, estou a escrever aqui pela simples necessidade de o fazer...
Eu não te conheço assim tão bem como pessoa, ou pelo menos atraves de atitudes, mas garanto-te uma coisa: és uma pessoa cheia de valores. Telento tens de sobra. Consegues e tens a rara capacidade de pôr em palavras, texto aquilo que te vai lá dentro, E como tu mesmo dizes,: uma escrita de dentro para dentro.
Queria ser como tu.

beijinhos, e espero sinceramente que encontres a tua felicidade, o preenchimento por que anseias.



De ejail a 16 de Julho de 2007 às 11:02
Olá Secretamente Tua.

Antes de mais quero dar-te as boas vindas ao meu humilde e descuidado blog. Obrigado pela tua visita!

Quero agradecer-te, também, pelo honroso e bondoso comentário que me dedicaste e dizer que, de facto, por vezes queremos traduzir em palavras o que nos vai na alma mas não conseguimos. Não conseguimos porque a linguagem do coração é diferente da linguagem dos homens. Mas, ainda assim, não devemos desistir porque, se o fizéssemos, deixaríamos de ser humanos. E, por este comentário, tu és, sem dúvida, um excelente ser humano.

Espero continuar a contar com a tua presença que enriquece, sobremaneira, o meu blog.

Obrigado por tudo!


De Infiel a 7 de Julho de 2007 às 00:16
So para te enviar um abraço e desejo de um otimo fim de semana


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 10:36
Obrigado Infiel! Um abraço também para ti e desejo-te uma óptima semana… ;-)


De corpinhodeanjo a 10 de Julho de 2007 às 18:58
as tuas palavras sao mt bonitas e mt inspiradoras minha vida tem sido tao dificil que as vezes fico tao vazia e perdida. escreves mt bem parece que tavas inspirado quando comentaste meu blog li no teu que dizias nao conseguir escrever nada de de jeito nos ultimos tempos mas este comentario provou o contrario. escreves e mt bem. obrigado pelo apoio. jinhos da tua amiga virtual.


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 10:43
Tu és uma pessoa de carácter bondoso e, pessoas dessas, rareiam nos dias de hoje. Uma pessoa dessas não pode perder e, acima de tudo, não se pode perder... :-) É um privilégio ter podido dar uma humilde ajuda. Um abraço grande, minha amiga!


De rita a 13 de Julho de 2007 às 00:12
Então miudo, está tdo bem contigo??
Vá lá só uma msg para ficarmos mais tranquilas...
Espero que esteja tdo bem!!
Um beijinho grande


De ejail a 16 de Julho de 2007 às 10:53
Rita... Há dias mais difíceis do que outros. Sabes como é... Mas a gente vai andando por cá e, por certo, dias melhores virão. ;-)

Um beijinho grande, também para ti!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


posts recentes

democrAZIA

Cocó

Falta ( não é futebol ).

Poema Invisível

Sombra Lunar

A Procura de Um Sentido

Bom Ano!

O Martemático

divãgações cronodesmedida...

Escutas

arquivos

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Maio 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Outubro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

reflexão(36)

desabafo(21)

humor(19)

poesia(18)

nostalgia(11)

pessoas(10)

contos(3)

excertos(3)

gastronomia(2)

solidariedade(1)

todas as tags

Fazer olhinhos
Raríssimas

Este blog apoia a
Associação Nacional das
Deficiências Mentais e Raras
subscrever feeds